22 abril, 2009

Quando as mãos de alguém falaram .oO


Estamos no meio de uma aula de Transformação, mas não poderia deixar de escrever o que estou pensando agora. Como podemos viver com as pessoas e não nos preocuparmos em conhecê-las? Vivemos tão focalizados em nós mesmos, nossas próprias vontades e realizações, que não nos preocupamos com os outros. Estamos rodeados, todo o tempo, por pessoas que sofreram traumas durante a infância e só nos preocupamos conosco mesmos.

Ontem, durante o módulo de trabalho em equipe, o Pastor pediu para que, ligássemos o polegar da mão direita uns nos outros, formando um círculo com as mãos de todos os alunos. Percebemos que uma menina não tinha posto a mão. Quando dissemos pra ela colocar a mão para finalizar a atividade, ela disse que estava cansada e resolveu sair. Finalizamos a atividade sem ela.

Hoje, na hora da aula, ela disse que ontem foi o dia que Deus marcou para ela ser curada de um trauma de infância. Então ela contou sua história com muita dificuldade, dizendo que aos seis anos, enquanto sua mãe cuidava dos afazeres de casa, ela estava brincando com seus primos e irmãos. Como não tinham dinheiro para comprar brinquedos, ela e seu primo foram para o mato pegar pedaços de madeira para serem os brinquedos. O primo dela pegou um pedaço de madeira e ela disse que marcaria com os dedos o lugar que ele deveria cortar a madeira. Quando ele foi cortar a madeira, não viu os dedos dela e os cortou!!!

Ela perdeu os dedos indicador e anelar da mão direita – isso, aos seis anos – e cresceu complexada por isso, pois pegou tétano e poderia perder o braço, mas sempre se perguntava porque Deus tinha deixado isso acontecer. Ela disse que ainda não sabe, mas que estava disposta a ser curada dos complexos e entender o “pra quê” disso ter acontecido.

Convivo com essa menina há um ano e quatro meses e nunca desconfiei disso. Foi um choque quando ela mostrou a mão sem os dedos!

O que me deu raiva de mim mesmo nisso tudo, foi que eu nunca entendi o porque de ela sempre usar blusas de manga comprida, mesmo estando calor, e o pior foi que, ontem, quando ela não quis colocar a mão eu falei com ela: “Como você vai aguentar no campo se você se sente cansada aqui?”. Eu aprendi com isso, que preciso conhecer melhor as pessoas, preciso parar de pensar em minhas próprias dificuldades e traumas e olhar para o que as pessoas, com quem convivo, estão precisando.

Quero aproveitar tudo isso para encorajar você a fazer o que eu não fiz. Quando ver que alguém se isola, ou tem dificuldades, não julgue essa pessoa! Converse com ela, tente compreende-la e, talvez, Deus te use para ser canal de restauração na vida dela, e não fazê-la sentir-se pior.

Ore por mim! Deus te abençoe... sempre!

3 comentários:

Butterfly Blog disse...

Olá! Que tremnda lição eu aprendi como seu post!! Deus é infinitamente maravilhoso. Através de uma atividade do curso de vocês Ele mostrou que nada é apenas o que o nosso pensamento pode alcançar! E Ele faz das simples coisas da vida uma lição pra vida toda. Deus abençoe vocês ai no ctmdt. Que vocês possam aproveitar cada momento para que Deus possa agir através de vocês. Não conheço vc, nem ao menos essa garota, mais sei que Deus a levou a este lugar pra curar as feridas do passado que afligem seu presente.A partir daí, tenho certeza de que ela será(ainda mais!!) um instrumento usado por Deus praabençoar vidas. No campo ela vai encontrar pessoas com traumas que ela através da sensibilidade do Espírito, conseguirá entender e trabalhar com essas pessoas. Terá seu próprio testemunho de como Deus a tratou, num momento tão especial na vida dela.
Quanto a nós, precisamos a cada dia entender o que se passa com as pessoas ao nosso redor, com o olhar de Cristo. Xau

keh disse...

Oiiii Douglas!!!
To passando pra vc vê que nao esqueci de vc ta!!!
uhsuhsuhuhsuhshs
Ta mtoo legal seu blog, so acho que tinha que ter fotos do povo do primeiro ne?!
uhshuhsuhs
Espero ver mais post, e pode dxaa que sempre que eu puder, venho aki taa
Bjaooo :D

Danillo Araújo disse...

Oi Douglas Deus te abençoe cada dia mais ai no CTM... Orarei sim por vc.

Lembre-se vc sempre tera um hirper amigo aqui no mundo da net.

abraços e até mais.